Acta Urológica

<Voltar


Normas de Publicação de Artigos para a Acta Urológica

Faça aqui o download das Normas de Publicação em formato pdf para impressão

 

A Acta Urológica Portuguesa publica artigos originais sobre todos os temas relacionados com Urologia. São também publicados artigos de revisão, casos clínicos, imagens, cartas ao editor e outros que se incluam na estrutura editorial da revista.

A Acta Urológica Portuguesa subscreve os requisitos para apresentação de artigos a revistas biomédicas elaboradas pela Comissão Internacional de Editores de Revistas Médicas (International Commitee of Medical Journal Editors), publicada na íntegra inicialmente em N Engl J Med 1991; 324: 424-28 e actualizada em Outubro de 2008 e disponível em www.ICMJE.org.

A política editorial da Acta Urológica Portuguesa segue as Recomendações de Política Editorial (Editorial Policy Statements) emitidas pelo Conselho de Editores Científicos (Council of Science Editors), disponíveis em www.councilscienceeditors.org/services/draft_approved.cfm.

Os artigos estão disponíveis online na íntegra, com acesso aberto e gratuito.

Os artigos podem ser redigidos em português ou inglês no entanto têm obrigatoriamente que apresentar um resumo em inglês.

O rigor e a exactidão dos conteúdos, assim como as opiniões expressas são da exclusiva responsabilidade dos autores.

Os autores devem declarar potenciais conflitos de interesse. Os artigos não podem ter sido anteriormente publicados noutra revista. Quando o artigo é aceite para publicação é mandatório o envio via e-mail de documento digitalizado, assinado por todos os autores, com a transferência dos direitos de autor para a Acta Urológica Portuguesa.

Os artigos publicados ficarão propriedade da revista, não podendo ser reproduzidos, no todo ou em parte, sem autorização dos editores.

A aceitação dos originais enviados para publicação é sempre condicionada a avaliação pelos consultores editoriais.

Nesta avaliação os artigos poderão ser:

1. Aceite sem alterações.

2. Aceite após alterações minor indicadas nos comentários para o(s) autor(es).

3. Condicional após alterações major indicadas nos comentários para o(s) autor(es).

4. Não aceite e motivo:
    a) Falta de relevância científica:
    b) Falta de originalidade:
    c) Metodologia incorrecta com consequentes conclusões erróneas:
    d) Outra (registada nos comentários para o autor/editor):

Em todos os casos os pareceres dos revisores serão integralmente comunicados aos autores. Quando são propostas alterações, o autor deverá enviar via e-mail no prazo de 10 dias, uma carta ao editor e a cada um dos revisores respondendo a todas as questões colocadas e uma versão revista do artigo com as alterações inseridas destacadas com cor diferente.

Instruções aos Autores

Todos os manuscritos que não estejam em conformidade com as instruções que se seguem podem ser enviados para modificações antes de serem revistos pelos revisores. Todos os autores devem ter contribuído para o trabalho realizado.

Todos os trabalhos devem ser enviados por para: www.ees.elsevier.com/acup/. Os manuscritos devem ser acompanhados de declaração de originalidade e de cedência dos direitos de propriedade do artigo, assinada por todos os autores, conforme minuta publicada em anexo.

O texto deve ser enviado em formato digital (e-mail), a dois espaços, com letra tamanho 12 e com margens não inferiores a 2,5 cm, em Word para Windows. Todas as páginas devem ser numeradas. As imagens devem ser fornecidas independentemente do texto em formato JPEG ou TIFF. Os textos devem ser organizados da seguinte forma:

Página 1

    a) Título em português e inglês
    b) Nome dos autores e respectiva afiliação
    c) Serviço(s) ou organismo(s) onde o trabalho foi executado
    d) Subsídio(s) ou bolsa(s) que contribuíram para a realização do trabalho
    e) Morada e e-mail do autor responsável pela correspondência relativa ao manuscrito
    f) Título breve para rodapé

Página 2

    a) Título (sem autores)
    b) Resumo em português e inglês, que para os artigos originais deve ser estruturado da seguinte
         forma:
            Objectivos, Material e Métodos, Resultados, Conclusões. O resumo dos artigos originais não deve
            exceder as 350 palavras e o dos casos clínicos as 180 palavras.
    c) Palavras-chave em português e em inglês (Keywords) Um máximo de 5 palavras-chave, utilizando
        a terminologia que consta na lista do Index Medicus: «Medical Subject Headings» (MeSH), deve
        seguir-se ao resumo.

Página 3 e seguintes

Artigos originais: O texto deve ser apresentado com os seguintes subtítulos: Introdução (incluindo Objectivos), Material e Métodos, Resultados, Discussão, Conclusões, Agradecimentos (se aplicável), Referências.

Os artigos originais não deverão exceder as 4.000 palavras, com um total de 6 figuras/tabelas e 60 referências.

Caso clínico: os subtítulos serão, Introdução, Caso clínico, Discussão, Referências.

O caso clínico não deve exceder as 2.000 palavras e 25 referências. Deve ser acompanhado de figuras ilustrativas. O número de tabelas/figuras não deve ser superior a 4.

A partir da segunda página, inclusive, todas as páginas devem ter em rodapé o título breve indicado na página 1.

Referências: As referências bibliográficas devem ser classificadas e numeradas por ordem de entrada no texto, em superscript e não entre parêntesis. As abreviaturas usadas na nomeação das revistas devem ser as utilizadas pelo Index Medicus.

Nas referências com 6 ou menos autores todos devem ser nomeados. Nas referências com 7 ou mais autores devem ser nomeados os 3 primeiros seguidos de et al. Título do artigo. Revista (abreviatura de acordo com o Index Medicus) ano; número do volume: páginas.

Exemplo: 1. Firlit CF, King LR. Congenital urethral diverticula on male patient. J UroI 1972; 97: 93-5.

Capítulo de um livro:

Apelidos e iniciais dos autores do capítulo. Título do capítulo. In: nomes dos editores. Título do livro. Edição. Cidade: nome da casa editora; ano de publicação, páginas.

Exemplo: Brooks JD. Anatomy of the lower urinary tract and male gentalia. In: Walsh PC, Retik AB, Vaughan ED, Wein AJ, editors. Campbell’s Urology. 7ª ed. Philadelphia: WB Saunders Company, 1998: 89-128.

A exactidão e o rigor das referências são da responsabilidade do autor.

Tabelas: As tabelas a inserir devem ser assinaladas no texto em numeração romana e cumprir o limite descrito acima. Cada tabela deverá ser apresentada em folha separada, dactilografada a 2 espaços. Na parte superior devem apresentar um título sucinto mas informativo, de modo a poder ser compreendido sem recurso ao texto. Na parte inferior da tabela deve constar a explicação das abreviaturas utilizadas. Nas tabelas devem ser evitados os traços verticais e os traços horizontais, estes devem servir apenas como separadores de títulos e subtítulos.

Figuras: As figuras a inserir devem ser assinaladas no texto em numeração árabe e cumprir o limite definido acima. As legendas das figuras devem ser dactilografadas a dois espaços numa folha separada, depois da bibliografia.

As figuras devem ser enviadas em suporte informático com ficheiros separados para cada figura, em formato JPEG ou TIFF.

Editoriais: Os editoriais serão solicitados por convite do Editor. Os editoriais serão comentários sobre tópicos actuais ou sobre artigos publicados na revista. O texto dos editoriais não deve exceder as 1.200 palavras, um máximo de 15 referências e não deve conter quadros ou figuras.

Artigos de revisão: Estes artigos serão preferencialmente solicitados pelo Editor. No entanto, os autores interessados em apresentar um artigo de revisão podem contactar o Editor para discussão dos tópicos a apresentar.

O artigo de revisão não deve exceder as 4.000 palavras, 6 tabelas/figuras e 100 referências.

Cartas ao Editor: As cartas ao editor devem constituir um comentário crítico a um artigo da revista ou uma pequena nota sobre um tema ou caso clínico. Não devem exceder as 600 palavras, uma figura ou um quadro, e um máximo de 10 referências bibliográficas.

Imagens em urologia: Podem ser submetidas imagens de particular interesse. As figuras, no máximo de 4, devem ser enviadas em formato JPEG ou TIFF de boa resolução. O texto acompanhante não deve ultrapassar as 500 palavras.

Modificações e revisões: No caso da aceitação do artigo ser condicionada a modificações, estas deverão ser feitas pelos autores no prazo de 1 mês.

Quando são propostas alterações, o autor deverá endereçar uma carta ao editor e a cada um dos revisores respondendo a todos as questões colocadas. De verá ainda submeter uma versão revista do artigo com as alterações inseridas destacadas com cor diferente.

As provas tipográficas serão, sempre que possível, enviadas aos autores contendo a indicação do prazo para revisão consoante as necessidades editoriais da revista. Minuta da carta de submissão a enviar ao Editor, digitalizada, por e-mail:


Enviar este documento para: actaurologica@gmail.com


Editor

Acta Urológica Portuguesa

O(s) autor(es) certifica(m) que o manuscrito intitulado:
 


é original, que todas as afirmações apresentadas como factos são baseados na investigação do(s) autor(es), que o manuscrito, quer em parte quer no todo, não infringe nenhum copyright e não viola nenhum direito da privacidade, que não foi publicado em parte ou no todo e que não foi submetido para publicação, no todo ou em parte, noutra revista, e que os autores têm o direito ao copyright.

Todos os autores declaram ainda que participaram no trabalho, se responsabilizam por ele e que não existe, da parte de qualquer dos autores conflito de interesses nas afirmações proferidas no trabalho.
Os autores, ao submeterem o trabalho para publicação, transferem para a Acta Urológica Portuguesa todos os direitos a interesses do copyright do artigo.

Todos os autores devem assinar

Data:
 


Nome(s) (maiúsculas):
 


Assinatura(s):
 


 


 

Faça aqui o download das Normas de Publicação em formato pdf para impressão